CRIANÇAS E TECNOLOGIA: QUEM ESTÁ NO CONTROLE?

CRIANÇAS E TECNOLOGIA: QUEM ESTÁ NO CONTROLE?

Se você está lendo este texto em 2017 e tem uma criança em casa, é bem provável que ela tenha um grande domínio sobre diversas tecnologias. Consegue acessar facilmente sites, ver vídeos, ou até mesmo, instalar programas e jogos em seu computador. Certo?

Esta familiaridade dos pequenos com as inovações da última década é muito importante. Entretanto, vale uma reflexão sobre o que tem a ver o futuro, com a forma que eles enxergam e usam a tecnologia hoje.

“Muitas crianças hoje têm acesso às novas tecnologias, estão muito à vontade com elas, usam de muitas formas diferentes. Mas em geral esse uso envolve navegar (na internet), conversar e jogar jogos. Ou seja, elas interagem com a tecnologia, mas muitas vezes não sabem projetar, experimentar ou criar com ela.”  Palavras de Mitchel Resnick em entrevista para a BBC.

O mundo está em constante mudança e não sabemos, nem conseguimos prever, quais serão as profissões e desafios do futuro. O que temos certeza, é que a tecnologia estará cada vez mais presente no dia a dia das empresas e da sociedade como um todo.

Você deve estar pensando: “o que isso tem a ver com as horas que meu filho passa jogando ou assistindo vídeos?”. Tem tudo a ver! Se ele, durante sua infância e adolescência se acostuma a apenas “consumir” tecnologia de maneira passiva, a noção que ele terá do potencial criativo por meio dela, será nivelada para baixo.

“Certamente. É importante que pais incentivem seus filhos a criar, projetar, experimentar, explorar e pensem nisso ao comprar brinquedos.Mas esses brinquedos sequer precisam ser tecnológicos, como programas ou robôs. “Blocos de montar lápis de cor já estimulam a criatividade.” Complementa Resnick.

Você já ouviu falar no Scratch*? É uma plataforma desenvolvida pelo MIT que permite que as crianças e adolescentes criem projetos, games ou história, podendo até mesmo compartilhar na comunidade do site.
*https://scratch.mit.edu/

Uma outra plataforma, que é referência mundial no ensino de programação para os pequenos iniciantes é o CODE*, o site é recheado de mini games, atividades e vídeos. Tudo muito bem pensado para introduzir a garotada no mundo dos códigos.
*https://code.org/

Estas são algumas dicas para ampliar a visão deles no que diz respeito à tecnologia. É muito importante que os meninos e meninas se entretenham e se divirtam usando as modernidades de hoje. Mas tão importante quanto isso é que eles enxerguem o lado criativo e produtivo que elas também podem oferecer.

 

Marcelo Brenner é co-fundador da Buddys Escola de Tecnologia, Diretor de Marketing. “Apaixonado por minha família, empreendedorismo, educação. Adoro crianças, e poder contribuir para o desenvolvimento delas é sempre muito bom :)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *