MEMÓRIAS

MEMÓRIAS

Já dizia Niemeyer, a vida é um sopro. E nada melhor para nos lembrar disso do que as crianças. Elas nos lembram sempre que o tempo é eterno movimento. E acompanham apressadamente essa seqüência de momentos.
Mesmo que ainda não tenham consciência do tempo, muito menos racionalizam a contagem das horas, as crianças mostram em si mesmas a passagem da vida. As mudanças no corpo, o desenvolvimento, a aprendizagem, tudo acontece mais rápido do que os ponteiros poderiam acompanhar. E mais rápido do que nós, mães e pais, poderíamos imaginar.
Aquele ser tão pequeno e indefeso, logo quer ganhar mundo e enfrentar os próprios medos. Desbravadores, curiosos, tão amáveis e desafiadores.
Seguro meu filho no colo enquanto seu tamanho ainda permite, recapitulo seu crescimento, lembro do meu renascimento cada vez que precisei me refazer para ampará-lo.

Sigamos com o tempo, memorizando o que conseguimos, guardando a história com desenhos, fotos e lembranças. E principalmente, olhando no espelho e vendo nossas mudanças e marcas que conseguimos até aqui.

Laís Gouvêa

Proprietária na empresa Tanto Mar Fotografia e mãezona do Luca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *